03 maio 2014

SORA MAIA

Peu sempre foi uma estrela…

Peu tocando casa - sora ok

Algumas vezes a amizade não faz sombra ao talento. Comigo não foi assim. O afeto que me unia a Peu e o fato de tê-lo visto primeiro em situações muito familiares, domésticas, fez com que a percepção da grandeza da sua expressão artística fosse notada aos poucos, sempre como um pequeno espasmo de maravilha. Dessa forma comecei a frequentar os ensaios da Dois Sapos e Meios , quando Peu apresentava sua identidade sonora: fraseados desconcertantes , cheios de leveza e vigor, na tradição das guitarras que falam e contam longas histórias ou pequenos casos divertidos. Músico de personalidade e cheio de soluções inesperadas, tornou maiores todos os projetos que entrou com sua presença, entrega e o carinho que sempre dispensou a todos os seus amores, sendo a música o seu guia. Esse talento que explodia e se realizava no palco, tomava uma dimensão estratosférica quando se apresentava despretensiosamente no chão da sala ou do quarto, onde tantas canções estrearam e muitas ainda estão por caminhar. Peu sempre foi uma estrela, nada mais justo que esteja agora entre elas. E que continue amorosamente compondo pra nós.

 
início

 

ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº4 // Single
  1. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº4 // Single
  2. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº3 // Single
  3. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº2 // Single
  4. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº1 // Single