title

Peu Sousa (1977- 2013) era um devoto do sonho. Alguém que viveu a arte em tempo integral e deixou uma assinatura reluzente.  Praticava a entrega incondicional nos palcos e, não raro, nos registros fonográficos. Entendia que o transe era a parte que lhe cabia no latifúndio estético. E, ao empunhar seu instrumento, deixava isso evidente em fraseados sedutores, timbragens insanas e afinações repletas de personalidade. Suas referências iam de Jimi Hendrix a Johnny Marr, passando por …

Leia mais

memoriasB

REBECA MATTA

A sensação é mesmo de que a vida ficou menos bonita sem Peu. Mas a memória de todas as coisas intensas e alegres que ele fez, será sempre um testemunho de beleza pra gente seguir em frente. Perdemos um artista único!. Conheci o Peu em 1999, quando comecei a trabalhar para o disco “Garotas…”, e o André T me falou... Leia Mais
05
maio 2014

SORA MAIA

Algumas vezes a amizade não faz sombra ao talento. Comigo não foi assim. O afeto que me unia a Peu e o fato de tê-lo visto primeiro em situações muito familiares, domésticas, fez com que a percepção da grandeza da sua expressão artística fosse notada aos poucos, sempre como um pequeno espasmo de maravilha. Dessa forma comecei a frequentar os... Leia Mais
03
maio 2014

TOMÁS MAGNO

O SOLO Eu estava na Toca, não sei ao certo se ainda era 2004 ou se já estávamos em 2005. Era uma época de grande perturbação para mim por motivos evidentes para quem conhece um pouco da minha história. Era um dia comum e vazio, porque ali não mais estava a minha referência, pai do meu afilhado Bento, marido de minha... Leia Mais
25
abril 2014

memoriaviva

 

ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº3 // Single
  1. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº3 // Single
  2. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº1 // Single
  3. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº2 // Single
  4. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº4 // Single