28 abril 2014

EMANUELLE ARAÚJO

 

Passava uma segurança absurda pra qualquer cantor pois sabia bem sobre os pilares harmônicos que fazem uma voz passear com suavidade.

Peu. Um amigo muito querido, um guitarrista virtuoso, uma pessoa totalmente única. Na parceria que tivemos, nos shows do meu amigo também querido, Galvão, me encantei pela sua força musical e potência criativa no palco. Era fogo de leão que eu teimava em dizer que podia ser também cachoeira de canceriano, coisas dos nascidos em 22 de julho. Me impressionava a segurança e firmeza nos seus gestos com a guitarra em punho que iam além dos acordes e timbres certeiros mas quase de um prazer de ator vivendo o seu próprio personagem e sabendo o quanto estava sendo observado e admirado pela plateia. Existia nele uma energia de estar pronto pra tudo.

emanuelle

Passava uma segurança absurda pra qualquer cantor pois sabia bem sobre os pilares harmônicos que fazem uma voz passear com suavidade. Mas também sabia muito sobre explosão e cantar com ele era quase uma dança porque dava pra prever o momento seguinte entre calmaria e estrondo no palco. Pensamos em fazer um disco juntos e depois da minha mudança pro Rio e ele cheio de trabalhos, não conseguimos. Fui presenteada com algumas canções que guardo na memória e “Sexta-feira” me fez perceber o quanto Peu também sabia de poesia e carregava o DNA de grande compositor no sangue.

Peu pra mim sempre foi sinônimo de Força, Garra , Bom Humor ,Vida e será assim pra sempre. Eternizado pelas mesmas características que existem em sua linda família!
Minha gratidão e carinho eterno por tudo que me ensinou.

Emanuelle Araújo

 

início

ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº4 // Single
  1. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº4 // Single
  2. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº3 // Single
  3. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº2 // Single
  4. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº1 // Single