03 maio 2014

CAROLINA MONTE

O que dizer do mais talentoso guitarrista que já conheci? Do mais musical, do mais lírico de todos que conheci.

O que dizer do mais talentoso guitarrista que já conheci? Do mais musical, do mais lírico de todos que conheci. São muitos momentos musicais para relembrar… Conheci Peu como guitarrista da Dois Sapos e Meio e a primeira coisa que pensei foi: “um roqueiro de dread (verde-limão) no cabelo? Esse cara é diferente!´”. E era. Era muito curioso e muito ligado no seu instrumento. Quando o chamei para gravar um solo numa música no primeiro disco da minha extinta banda Irreversíveis, ele prontamente chegou ao estúdio. Era generoso também. Deitou no sofá da técnica (sim, deitou) e disse: ´´Aperta o REC´´. Pro meu espanto tocou, em um take, o solo que foi para o disco. Que sorte! Que sorte que eu tive de ter esse grande guitarrista na minha jornada musical. Disponibilizo agora, para todos, o solo de Peu na base instrumental de ´´O Homem Invisível´´. Não foi nada editado! Vocês vão ouvir o take inteiro.

início

ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº2 // Single
  1. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº2 // Single
  2. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº4 // Single
  3. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº3 // Single
  4. ESTUDO PARA PRIMEIRO ALBUM Nº1 // Single